Follow by Email

quinta-feira, 29 de março de 2012

E AGORA, VAI RIR DE QUE?





A morte de Chico Anísio foi uma catástrofe, pois não morreu um, mas 209 seres que vão deixar saudades. Como todo gênio, estava esquecido na TV dos tempos atuais onde inteligência é palavrão. Chico viveu seus últimos anos atuando discretamente em novelas e programas, enquanto o monstro de 209 cabeças urrava de dentro da jaula da submissão. O monstro da arte de fazer rir e pensar, aos poucos estava se calando frente ao grito da vulgaridade e da estupidez que nossa mídia tem atingido. Não há mais nos dias de hoje o humor sutil, porque hoje pra fazer rir ou se é tolo ou agressivo e vexatório. O riso sarcástico oriundo do humor sublime e da mente em exercício contínuo parece estar cariado. Em plena ditadura militar, paradoxalmente se havia mais liberdade em transgredir a ordem via humor do que nos dias de hoje onde tudo é igual e a ditadura está na cultura e não mais na política. A piada das duas da tarde se repete até a meia noite do domingo e depois é exponencializada na internet ou vice versa. Quando não se há o que criar, ofende-se, para de qualquer forma garantir-se o riso, nem que seja o amarelado, forçado e burro. Os geniais Chaplin, Keaton e Allen, no Brasil venderiam pipoca na praça, pois o atual comando torna (sem fazer muito esforço) a nação incapaz de absorver e perceber talentos múltiplos. Se o sujeito escreve, pinta, atua, dirige, compõe, dança, dubla, é sinal de que não sabe fazer nada, na mente destes, pois o gênio é singular e não plural por aqui. Chico contrariou esta ordem, talvez por ter tido a sorte grande de surgir num momento onde homens realmente geniais comandavam a TV ainda em fase de crescimento, ou melhor, surgimento. Hoje tudo é plástico, descartável, vazio e serve apenas como moeda de troca. “O que você pode me dar em troca? O que tem a me oferecer além do seu talento? Ah você é filho do fulano? Porque não disse antes, eis aqui um programa inteiro para você apresentar. Não se preocupe com qualidade. Não estude. Continue com o sexo, drogas e Michel Telo, que o resto é por nossa conta. A programação massiva te tornará um astro!” Quantos Chicos não estão por aí buscando sua oportunidade? Todos nascemos com um pouco da Pantaleão e de Bozó.Chico foi nosso Shakespeare, pois ninguém descreveu tão bem a alma de nosso povo e de tipos como este cearense multifacetado e camaleônico. Ouso dizer que Chico não foi o maior humorista do país, mas sim um dos maiores atores do mundo. Suas criações eram diferentes umas da outras e você nunca via Chico, mas sim 209 cidadãos. O mal caráter Justo Veríssimo estampado nitidamente na face de grande parte de nossa política ou Tim Tones, retrato fiel de muitos pastores religiosos sempre com a sacolinha à frente da fé e do amor. O machismo escarrado de Nazareno, o charme do Silva, que fora dos padrões mundiais de beleza, seduz mulheres lindas pela simples sabedoria de compreende-las e de saber realmente o que elas querem. Seus cinco casamentos com certeza lhe deram experiência de sobra para adquirir esta sabedoria Don Juanesca, afinal Chico não era nenhum modelo de beleza a ser seguido, mas conquistou mulheres lindas, com exceção claro, de Zélia, que ainda continuo crendo que foi só mais uma piada do mestre. Nossa CBF dirigida por Coalhadas, nossa TV dirigida por Haroldos, heteros, machos, que querem morder você todinho antes de lhe abrir uma janela. Sem contar ainda o exército de Albertos Robertos que invadem nosso dia a dia. As mensagens implícitas do veio Zuza e as explícitas de um velho Profeta. Nós, eternos Bentos Carneiros, vampiros brasileiros nos despedimos e agradecemos por ter nos dado seu sangue, mestre Chico. Saudoso professor Raimundo que nos ensinou o Be a Ba do humor e foi recebido com honrarias e uma gostosa zombaria por um time de alunos que tanto o admirava. Estão lá Costinha, Grande Otelo, Walter Davila e tantos outros esperando pela nova temporada de lições. O que não esperávamos era que o diretor geral da escola do humor, o mestre prolífico Millor Fernandes seria convocado dias depois. O céu está sorrindo e nós aqui, ficamos na utópica espera de um mundo novo com mais Chicos e Millores. E a saudade ó! Valeu, senhores.

terça-feira, 6 de março de 2012

MULHER, INTENSA MAGIA




Esta semana comemora-se mais um Dia da Mulher. Claro que se trata de mais uma invenção do comércio, afinal dia da mulher é todo santo dia para quem aprecia estes seres especiais de pele macia, voz fina e charme infalível. As mulheres, que já foram consideradas potiche, conseguiram se emancipar e ocuparem um lugar mais que merecido no mundo.Nada é tão instigante e mágico como a língua de uma mulher, que fere, mas que também pode ser o portal do paraíso do prazer. Nada é tão pérfido como os seus remorsos e nem tão benévolo quanto suas carícias. Nada é mais terrível do que a sua maldade e nem tão supremo que sua bondade. Nada é mais cruel que seus segredos e nem mais sensível do que suas lágrimas. Este ser ambivalente e mágico não foi criado para ser compreendido, mas sim cultuado, amado e acima de todas as coisas, respeitado. O coração de uma mulher é um abismo, do qual ninguém conhece o fundo e só de olhar para ele, nos da vertigem, calafrios, mas vontade de se jogar. A mulher é um mapa indescritível, que pode te levar a ruína ou ao mais rico dos tesouros. São mais perceptivas, atentas e quando querem conseguem tudo. Nenhum outro ser vivo consegue dominar tão bem a arte de fazer beicinho para atingir seus objetivos. A mulher consegue ser madura e infantil com uma leveza e destreza que nenhum homem jamais será capaz de adquirir. Eu sou um eterno fascinado por este sexo, que é a mais nua das carnes vivas e cujo brilho do olhar é o mais suave, de todas as criaturas. Até Oscar Wilde, um notório homossexual e um dos maiores gênios que o mundo conheceu, se rendeu a beleza deste ser outrora chamado de inferior e que hoje nos tem sob a sola de seus pés. Ele dizia que mulher bonita não é aquela de quem se elogiam as pernas ou os braços, mas aquela cuja inteira aparência é de tal beleza que não deixa possibilidades para admirar as partes isoladas. Eu concordo, pois para mim já nascem perfeitas, mesmo com seus defeitos.Tudo é matematicamente calculado, porém só apreciado por poucos, talvez daí a eterna insegurança delas e o constante lucro do mercado de cirurgias plásticas e produtos de beleza. Aumentar seios, aumentar bunda, aumentar pernas, tudo isto para que? A beleza da mulher deve avaliar-se não pelas proporções do seu corpo, mas pelo efeito que estas produzem em conjunto e em sintonia com toda a obra. Gisele tem um nariz avantajado e quem garante que ali não esta o charme da modelo mais bem paga do mundo? Angelina Jolie é a mulher mais sexy do planeta e é magérrima. Quem é que sopra nos ouvidos das mulheres que elas têm de aumentar músculos, mudar isto, mudar aquilo? Cabeleireiros e maquiadores, que em sua grande maioria as tem como rivais, e claro, as “amigas” que assumidamente já nasceram rivais.Mulheres ouçam o conselho de um apreciador de vossas belezas naturais: não mudem! E acreditem, homem que é homem não gosta de músculos. Não há na história uma diva musculosa. Mirem-se na mulher mais sexy de todos os tempos, a divina Marilyn Monroe, ou nas eternas francesas do cinema, todas magras, sexys e com um olhar que seduz mais do que um exército de bundas saradas. Até porque, sejamos francos, homem que escolhe mulher pela bunda merece ter um relacionamento de merda. Sejam naturais, porque muita maquiagem e pouca roupa é sempre um sinal de desespero e insegurança. Vocês não precisam disto para serem observadas. Isto é para atrair fracos e boçais, aqueles que ainda não tiveram a revelação do que é uma mulher.Deus criou vocês de uma costela, um osso torto, exatamente para que não tentemos endireitá-las, senão quebrará. Tenham paciência com as mulheres, caros amigos que compartilham desta minha admiração por estes seres divinos. Os gemidos e sussurros que elas produzem quando fazem amor são a mais perfeita sinfonia para ouvidos treinados. Nós saímos de dentro de uma mulher sagrada para o mundo afora e talvez isto explique porque passamos o resto de nossas vidas elaborando planos e formas para entrar dentro de outras novamente, afinal não existe porto mais seguro do que o coração de uma mulher. Parabéns a todas mulheres que fazem deste mundo um excelente lugar para se habitar!

O FACE BOOK FOI QUEM MATOU A JANELA



A maior revolução cultural dos últimos cem anos é sem dúvida a internet, mas assim como qualquer revolução, nos trouxe benefícios incontáveis, seguidos por malefícios na mesma proporção. Os sites de relacionamento são uma boa forma de amostragem desta teoria. Hoje todo mundo fala com todo mundo, mas ninguém diz absolutamente nada. O Orkut faliu e Face Book dominará até o surgimento de um novo que acarretará também no fim deste que deixou seu criador bilionário, mas que não soube se adaptar ao tempo. Nota-se uma ditadura virtual, onde por ser único, manda e desmanda como em 1984 de George Orwell, onde sabe tudo a seu respeito, mas você não sabe nada sobre ele. As regras são ditatoriais e você não tem com quem reclamar ou argumentar, apenas aceitar ou então, cair fora, suicidando para o mundo virtual. Mas o que de fato me deixa sem entender é como a estupidez se prolifera neste mundo virtual. Nunca a ignorância foi tão explícita e cultuada. Nota-se hoje o quanto as pessoas escrevem mal e se comunicam pior ainda,resumindo tudo a um mero jogo da vaidade humana. Colecionam-se nomes e fotos como “amigos”, chegando até a 5.000 espécimes, sendo que mais de 90% da lista, sequer já conversou ou sabe qualquer particularidade. Fiz um teste recentemente com meus 1.500 “amigos”, do qual ao menos uns 200 eu mantenho contato real ou virtual, o restante confirma minha teoria de que são apenas audiência para sua história e vice versa. Triste isto, pois ganharíamos mais se de fato fossemos amigos e pudéssemos trocar experiências, afinal acho que a intenção seria esta. Eu tentei neste pequeno teste uma comunicação com tais pessoas. Coisa básica como “Olá, tudo bem? Vi que você é modelo, escritor, bancária, piloto, enfim...”, mas a resposta sempre foi ZERO.Ai pergunto: se a pessoa não quer conhecê-lo por que te adiciona? Para não entrar numa crise existencial fui consultar amigos e pedir para que fizessem o mesmo teste. Pois bem, com exceção de duas amigas modelos, que TODOS responderam, o restante passou o mesmo “carão” que eu e ninguém deu a mínima. Aí para mostrar que além de popular (sem sê-lo) a pessoa também é culta, começa um festival de frases de impacto ou de textos, sempre assinado por alguma personalidade, mesmo que esta nunca tenha dito aquela frase ou escrito tal texto. Os campeões são Caio Fernando de Abreu, Veríssimo e Cecília Meirelles. É incontável o número de frases e textos,em sua vasta maioria, patéticos e preconceituosos ou de puro lamento solitário, que nada tem com a linha editorial destes que o “assinam”. Havia até um texto onde o BBB era destruído e assinava-se Veríssimo. O pobre escritor além de ser um gentleman, jamais escreveria algo no perfil, até porque seu texto é rico e bem humorado e o mesmo também é contratado da Globo. Mas se você que admira o Veríssimo ou o Caio, tenta dizer às pessoas que a frase ou o texto não foi escrito por eles, você é o chato metido a intelectual, ou o anticristo. Quem tentar contrariar alguém neste universo é limado e extraditado para o solitário mundo distante do FB, o mundo real. Há pessoas também que poderiam ser editores do extinto Notícias Populares ou então redatores do programa de TV da Sônia Abrão, porque têm verdadeiro prazer em postar foto de cadáveres, anomalias, animais torturados, e tudo isto para convencer você de que há gente ruim na terra, mas não ela. Será? Quem compactua com a violência não me parece ser menos violento. Outro perfil interessante é o mitômano.Estas pessoas mentem em fotos, em frases, perfis, criando um avatar de si mesmo, mas se você, de alguma maneira questionar algo, mesmo que de maneira sutil, se torna inimigo número um de tal pessoa e assina um contrato com a difamação, porque seu nome vai rodar mais que foto de mulher nua ou de bebe sorrindo. O FB é um mundo virtual onde só existem atores, modelos, milionários, gostosas, pessoas felizes, influentes e realizadas em um mundo perfeito, um Small Word, onde todos são pequenos, mas com egos de proporções gigantescas. Claro que como em tudo há também o time de gente que usa a ferramenta de outra forma, afinal o FB já foi responsável por grandes movimentos sócio políticos e culturais, só que geralmente criados por aqueles 3% de sua lista, que você sequer responderia um oi. Tempos modernos!

Ass: Luis Fernando Veríssimo...ou seria Jabor?? Ou seria Cecília?? Ou simplemente eu?

segunda-feira, 5 de março de 2012

PEDAGIO PARA OS CÉUS



Se existe uma coisa que não se discute é a fé de uma pessoa, mas a religião é sim discutível e questionável, porém jamais condenável, pois a cada um cabe o direito de crer naquilo que lhe faz bem.Entretanto como contribuinte e cidadão, creio que todos devem concordar que é um absurdo tremendo no país dos impostos excessivos, igrejas terem total isenção fiscal. Porque este direito diferenciado se é um negócio e um dos mais rentáveis do momento? É bom quando se tem o nome de Deus como sócio, já que O mesmo não se interessa por bens materiais, portanto trabalha sem receber e sem reclamar. Pastores são presos no exterior com quantias absurdas de dinheiro não declarados, aviões milionários de igreja são presos com contrabando de divisa, e nada disto abala a fé do pobre fiel que se esquece de que Deus não tem procurador na Terra. Ao menos com firma reconhecida e assinada por ele, DEUS, não há! A sua fé tem de estar contida na palavra de Deus e na sua e não na de outra pessoa que acredite você, tem os mesmos poderes que o seu, com a diferença que se comunica melhor e decorou mais passagens da Bíblia. O fundamentalismo é algo tão absurdo que o “mental” da frase, praticamente não existe. Matar alguém em nome de Deus, por exemplo, nem de longe me parece um ato nobre e aprovado pelo Criador. Um pastor que grita aos quatro cantos que homossexual não é gente, que negro é raça inferior e que esta na Bíblia que dez por cento de tudo que você ganha tem de ir pra ele, me mostra claramente quem de fato ele segue, e não é bem quem você esta pensando, mas sim o antagonista da história. Há uma frase do poeta Willian Blake que retrata bem a religião: “Nós dois lemos a Bíblia dia e noite, mas tu lês negro onde eu leio branco.”A religião hoje nada mais é do que um desencontro de informações na maioria dos casos. Eu sou agnóstico e assumo minha total ignorância com relação ao desconhecido. Minha fé não é questionável, eu repito, mas a minha crença pode ser, assim como a sua também, desde que nos respeitemos. A religião hoje tem se tornado uma espécie de cabine de pedágio para o céu. Há até boleto bancário em nome de Deus (não é piada e sim fato) com parcelas e as pessoas PAGAM. Eu posso garantir a vocês com toda a minha ignorância, já que não sou tão sábio quanto pastores, de que Deus ficaria muito mais feliz contigo, se você doasse esta parte de seu salário na compra de comida pra quem tem fome, roupa pra quem tem frio, educação para quem carece de informação, remédios para quem precisa, tudo seria muito mais bem empregado do que bancar mais um cômodo na mansão de veraneio do seu querido pastor ou o emplacamento do carro importado dele. Estes tais que cobram-lhe taxas divinas em troca de fé e uma aproximação direta com O Pai Celestial, me parecem mais seguidores do inimigo diabo do que de Deus, afinal não é este primeiro quem é atraído por bens materiais? A frase mais conhecida não é a de que o pecado favorito do diabo é a vaidade humana? Se Deus quisesse que o homem não fosse sábio não teria dado a ele a faculdade do saber. Então, usem a mente, meus fiéis seguidores e sejam bons uns com os outros. Preguem uma única ação que é bem simples e não custa nada: O AMOR! Eu não duvido de Deus. Duvido é de seus representantes. Pastores e líderes espirituais deveriam saber que é muito bom ser importante, porém bem mais importante é ser bom. Para isto não precisamos de carros de luxo, roupas de marca, etc, afinal, quem gosta de panos e vestes caras é o diabo, não é? Jesus ao que me consta levava uma vida bem humilde. Ainda fico com minha ignorância socrática do saber que nada eu sei e sigo minha vida com a simples mensagem de Jesus: “Minha religião é o amor a todos os seres vivos.”