Follow by Email

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

ESTUPRARAM A INTELIGÊNCIA, A INTEGRIDADE E BOM SENSO, MENOS A LUIZA



Começo de ano é sempre desagradável, pois com ele vem o IPVA, IPTU, DPVAT e mais outros impostos para engordar contas de políticos. Como se isto já não bastasse ainda temos as chuvas torrenciais, reprises de programas na TV, jornais com falta de assunto e o pior de tudo: mais um BBB. As férias acabam para todos, inclusive para mediocridade, que mal começa o ano, e já esta atarefada e no alvo da imprensa e dos meios de comunicação. A bola da vez - neste caso, “as bolas da vez” - fica por conta da mais nova artimanha para alavancar a audiência de um dos programas mais estúpidos da televisão mundial, o BBB, sigla de Babacas, Boçais e Banais, que não sabemos ao certo se é referente aos participantes do programa ou àqueles que o assistem. Se você não mora em Marte ou não esta em estado de coma, é impossível não ser absorvido pelo tal escândalo do “estupro” em cadeia nacional. Ao meu ver, numa jogada de marketing inescrupulosa, a população do país se viu “horrorizada” frente a cenas de um brother (como gostam de ser chamados) e uma sister (idem), completamente alcoolizados, brincando de fazer neném debaixo de edredons, peça chave destes programas. Até aí o espanto fica por conta da hipocrisia, já que somos um dos países onde mais se respira sexo, porém, algum gênio de uma entidade pró-bobagem qualquer, deduziu que a moça estava dormindo durante o ato e chamou a isto de estupro e ai a imprensa preguiçosa e que tudo copia, endossou! O circo estava armado. Policiais imediatamente invadiram a casa de vidro para colher depoimentos e vestígios; programas de fofoca começaram o ano com o ibope em alta; jornalistas da geração “control C – control V”, colaram a notícia em 5.984 sites; o moço acusado de estupro fora expulso do programa e a pornochanchada de quinta estava no ar. Como um humilde observador dos fatos eu creio que quando duas pessoas se embriagam, se beijam e vão de comum acordo para uma cama trocar carícias, e num imprevisto uma delas dorme no ato, conclui-se que ou a outra não teve uma performance agradável ou no máximo poderia ser considerada necrófila, mas não estupradora. Se bem que se contar como necrofilia, o ato de fazer sexo com pessoas que tiveram morte cerebral, creio que grande parte dos amantes de alguns BBBs e ex-BBBs, seriam condenados por tal crime. Para os pseudo-intelectuais e ativistas de plantão, uma história tão patética quanto esta vira reflexo de problema social. O moço é acusado de estupro porque é negro e a menina, que de santa não tem nem a proteção,se torna a virgem violentada, a bela adormecida do novo milênio. Alguns (de) formadores de opinião querem cadeia até para o diretor do programa, Boninho, por incitar a violência sexual. E o circo vai criando ares de mega espetáculo onde pelo avesso o BBB conquista mais seguidores e garante assim a publicidade para o BBB 13 no próximo ano. A Globo astuta como sempre, constrói com a graça da audiência a sua Geyse Arruda e o seu Alexandre Frota genéricos e o país perde tempo e energia em mais uma discussão inútil, sem o menor sentido, enquanto na outra linha, na mesma semana, só que do Reality Life,
assassinos condenados recebem indulto da justiça e matam mais pessoas nas ruas; uma professora entrega uma prova do ENEM em branco, recebe uma nota maior que a mínima e ao questionar o fato junto ao órgão responsável, é surpreendida ainda por um email, repleto de erros de português; o ministério da Integração entrega 4,3 milhões para uma ONG fantasma; na Cidade de Guarulhos uma igreja evangélica demonstra muito mais poder que o prefeito e interdita uma das maiores rodovias do país, com seus cultos e para fechar esta suruba, surge uma falsa grávida, que de má fé arrecada doações aos filhos que nunca existiram. Com tudo isto, meu caro leitor, fica provado que o bom senso, a integridade e a inteligência são estupradas diariamente e todos nós somos vítimas. Quer dizer, todos, menos Luíza, já que esta com a ajuda de seu rico pai, nos estupra lá do Canadá.

2 comentários:

katy's disse...

Penso da mesma maneira que tu!

caquis disse...

Gostei muito quando li seu ponto de vista pelo metrô news e acredito que mais pessoas devessem analisar mais a fundo essa questão do rumo que toma a nossa sociedade. Se me permitir, gostaria de publicar junto as demais redes como facebook e twitter... ;)