Follow by Email

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

OBAMA: ENTRE O CÉU E O INFERNO



Obama nas alturas!Os EUA realmente impressionam o mundo dia após dia. Quem diria que em um país preconceituoso e com diversas facções racistas espalhadas dentro dele, um muçulmano negro com nome de Hussein Obama seria o novo senhor do mundo? Será influência do Morgan Freeman que já foi Presidente dos Estados Unidos e Deus -o que aliás seria redundância – ou realmente o país apostou na mudança e no fim da traumática era Bush? O fato é que o carisma e o sorriso “sincero” de Obama conquistaram não só os americanos como o mundo inteiro e convenhamos que para os negros a vingança demorou mas veio, já que na eleição fraudulenta de BUSH milhares deles foram PROIBIDOS de votar, num país que preza a liberdade, tanto que o voto, diferente daqui não é obrigatório. Já surgem rumores e teorias de conspiração de que segundo previsões de Nostradamus, "o último papa do mundo seria negro e fugiria de sua cidade após uma invasão muçulmana...” ou além disto, segundo estudiosos das Escrituras Sagradas, o Anticristo surgirá em meio às crises mundiais existentes, de forma que sua aparição surpreenderá o mundo. Seu governo se tornará, em um curto espaço de tempo, num forte governo mundial, unificando com sucesso todos os blocos de relações econômicas e políticas existentes no momento. Com a finalidade de trazer a paz, será reconhecido e aceito, e combaterá as crises mundiais implantando um largo sistema de integração financeira: o sistema 666 de compra e venda. Será neste momento que ele descumprirá o seu trato e se voltará para Jerusalém, no lugar do antigo templo, para lá por o seu trono e exigir ser adorado como Deus, ou presidente dos EUA –opa, mais uma redundância?- e comandará o planeta e claro, a América que já teve líderes assassinados, líderes escorraçados, líderes tragicamente engraçados e agora líderes solitários, solidários e assustadoramente carismáticos. Fala a verdade? Que belo enredo de filme ou de livro do Dan Brown! Obama é o personagem ideal, escrito pra um filme de invasão extraterrestre ou de fenômenos da natureza, onde o presidente salva o mundo.Ele é o verdadeiro anti-herói. O rejeitado, cuspido e ignorado pela história que na maior zebra que a América conheceu, dá a volta por cima e dá luz a um novo caminho no mundo. Nosso salvador...Huuuummm...Ok, mas que tal voltarmos toda a fita e deixar agora a cargo de outra direção mais realista, esta película? E se mr. Obama por trás de sua pele negra castigada pelo preconceito esconde um americano branco comedor de bacon, com seus olhos azuis e sua espingarda licenciada na mão direita? Não é cedo demais para acharmos que só por ser um homem vindo da minoria, vá lutar pelos mais desfavorecidos? Não vimos história parecida num país da América do Sul? Uma espécie de filme dublado desta mesma história? Se realmente ele for um idealista e salvador, quem garante que não seja assassinado? Será que por trás de sua solidão de paladino não se escondem interesses de grandes corporações? Afinal como este homem salvaria a economia americana, sem envolvimento de grandes capitalistas? O único fato indiscutível desta história é que qualquer presidente eleito seria melhor que Bush, ou seu clone McCain, portanto repito: ainda é cedo pra darmos cinco estrelas pra este filme que pode ganhar uma framboesa de ouro em poucos anos. Só nos resta esperar pra ver. Mudanças sempre são boas, mas devemos lembrar que temos antes de mais nada nos tornar a mudança que queremos ver no mundo.

Um comentário:

Maytê disse...

É isso aí! Sejamos a mudança que desejamos para o mundo, Mahatma Gandhi!!!
Eu simpatizo com o Obama, mas qdo a coisa é mto unânime... a gente tem que desconfiar! Ainda mais vindo dos WASPS! rs